botas de mão em mão

“a obra de arte emerge da fractura entre a Terra e o mundo, entre a ausência de sentido na materialidade do corpo e da natureza, para receber sentido na história e no social” Heidegger Van Gogh, shoes, 1886 «When van Gogh depicted the peasant’s wooden sabots, he gave them a clear, unworn shape and surface […]

vaidades de mão em mão

Dead/End earth to earth, ashes to ashes, dust to dust Marcel tu est mort, c’est la vie… e tu também minha Drag Queen somos meros simulacros a passar as efemérides de mão em mão Douglas Gordon, Guggenheim de Berlim, 2005, Vanity of Allegory

John Cage+Merce Cunninhgam+Robert Rauschenberg

John Cage, músico; Merce Cunningham, coreógrafor; e Robert Rauschenberg, artist, New York, Maio 2, 1960 «In the early fifties with David Tudor and Louis and Bebe Barron I made several works on magnetic tape, works by Christian Wolff, Morton Feldman, Earle Brown, and myself. Just as my notion of rhythmic structure followed Schoenberg’s structural harmony, […]

Robert Smithson-non-sites

Robert Smithson, (Passaic, Nova Jersey, 2 de Janeiro de 1938 — Texas, 20 de Julho de 1973) Utopia- interior/exterior Ocupação de espaço interno- non-site; ideia exterior a ele- site Viagem entre estes dois polos- suspensão «A Linguagem devia procurar-se a ela própria no mundo físico, e não acabar fechada numa ideia na cabeça de alguma […]

Ordenar o caos

Violência e sacrifício Man is the animal whose nature has not yet been fixed Friedrich Nietzsche, Beyond Good and Evil, 1886. «I would like my pictures to look as if a human being had passed between them, like a snail, leaving a trail of human presence and memory trace of past events, as the snail […]

A loucura engaiolada

Em emblemas Para tudo o que não está escrito, é necessário que a imaginação abra as portas à luz O burro do céptico Timão guia o louco que avança, de compasso e espelho do mundo, entre uma máscara vesga e outra sem olhos. A cabeça engaiolada, o oroboros da circularidade da demanda; o reflexo da […]

Quando Cristóvão Colombo chegou à América de Cadillac

    «Estou certo do que todas estas coisas contadas serão ainda serão mais maravilhosas que para as quem viu”» Cristóvão Colombo Estava um belo dia solarengo naquele paraíso terreno. As moçoilas nativas vieram-no receber alegres e sem malícia nas suas nudezas. Consta que Colombo não se perturbou com a chuva que se fazia sentir […]