Hefestos e Prometeu– dois artífices de criaturas ou a dialéctica do senhor e do escravo.
Hefesto- disforme deus menor que se dedicou a criar beleza, animando estátuas. Molda Pandora– a primeira mulher e da sua boceta saíram todos os pecados. Usa o metal para animar uma série de automata, dos quais se distinguiam as Kourai Khrysea – belas jovens douradas, dotadas de inteligência suficiente para fazerem todas as tarefas e até serem capazes de falar; Talos, o gigante de bronze que se torna guardião do palácio do rei Minos, aquecendo ao rubro o próprio corpo e enlaçando fatalmente quem se atrevesse a transpor as suas portas. Estes – ornamentos animados ( émpsykha algámata ) de origem divina imitam na forma a perfeição do corpo humano aliando-a à da técnica- os primeiros cyborgues, filhos da arte e da magia

coribantes
Khryseiai KeledonesCoribantes

O titã Prometeu moldou estátuas em argila, e transformou-as em seres vivos e por eles de tal modo se enfeitiçou que ousou desafiar Zeus, roubando-lhes o fogo para os oferecer aos mortais. No castigo que lhe foi traçado encontrou-se com Hefesto, obrigado a amarrar com cadeias à montanha do Cáucaso, o deus rebelde, na eterna punição que lhe foi decretada por Zéus.
Ainda que admiráveis, todavia, os automata têm a falibilidade mais acentuada que no ser humano, pois não conseguem perceber falhas na execução de suas tarefas, e o maravilhamento pode converter inopinadamente em acção calamitosa.
Pode ocorrer também que o mecanismo fuja ao controle do inventor e conquiste uma sorte de vida independente. No primeiro caso, estão envolvidos ciência e tecnologia (Talos – o soldado de bronze cretense, mas também o Frankenstein, servem-lhe de exemplo); no segundo (cujos exemplos são muito mais numerosos, tanto na mítica grega, quanto em outras tradições, o poder da magia se sobrepõe ao projecto tecnológico. talos

Talos, alucinado pela feiticeira Medeia, esvaia-se em ambar e cai como uma árvore

Na Geração do Bronze, Talos- o invencível autómato de bronze que enlaçava os inimigos no corpo aquecido ao rubro- também se deixou entontecer por uma feiticeira e acabou esvaindo-se em queda fatal.
Mas nunca nos contaram se as belas jovens douradas suas irmãs sentiram compaixão ou continuaram a servir Hefaísto na mais perfeita e encantadora apatia.

Consultar: Mitologia Grega

Please follow and like us:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *